segunda-feira, 15 de junho de 2009

JP Simões


João Paulo Simões de seu nome, é conhecido por JP (leia-se "JêPê"). Nasceu em Coimbra em 1970, mas ainda criança emigrou para o Brasil. Regressou a Portugal e mudou-se para Lisboa, onde se licenciou em Comunicação Social, tendo encetado o retorno a Coimbra para participar na fundação dos Belle Chase Hotel.

Belle Chase Hotel e Quinteto Tati têm sido os habitats onde JP Simões tem concebido e produzido muitas das composições com que se foi distinguindo como magnífico escritor de canções e intérprete.

Em 2003 foi levado ao palco, através da encenação de João Paulo Costa e da companhia do Teatro do Bolhão, a "Ópera do Falhado", projecto cujo texto saiu da pena de JP Simões e a música foi composta a meias com Sérgio Costa, eterno companheiro de lides, nos Belle Chase Hotel e no Quinteto Tati. O livreto da ópera foi publicado pela editora "101 Noites", em 2004.

Em 2006, preparou um novo espectáculo intitulado de "Canções do jovem cão" e anunciou o lançamento da sua carreira a solo.

Foi ante-estreado em 2006 o filme de animação Jantar em Lisboa, com desenhos e realização de André Carrilho e textos e banda sonora de JP Simões. Foi ainda nesse ano que estreou no cinema o filme "Pele", realizado por Fernando Vendrell, com banda sonora de JP Simões.

O seu primeiro disco em nome individual, com o título de "1970", é editado no início de 2007. O disco recebeu elogios dos críticos. O público também se rendeu ao trabalho, tendo o álbum passado pelo top 30 de discos mais vendidos em Portugal durante 3 semanas, tendo chegado ao 12º lugar.

No Outono de 2007, é publicado o livro "O Vírus da Vida", contos de JP Simões, ilustrados por André Carrilho.

Em 2009 é editado o álbum "Boato", registo do concerto ao vivo onde recupera canções gravadas pelos grupos por onde passou.

videoConsultas em E.L.

Sem comentários:

Enviar um comentário